SHERPA DO MAR APRESENTA SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A ECONOMIA AZUL NA DÉCIMA EDIÇÃO DO FÓRUM "BUSINESS2SEA" DO MAR

Business to Sea

17.11.2020

A jornada de abertura desta segunda-feira incluiu um workshop que, sob o título Towards a pact for skills in the maritime industry, se concentrou na economia azul e nas necessidades de setores como a construção naval, o transporte marítimo e as energias renováveis.

Andrea Ogando, membro do grupo de investigação Rede da Universidade de Vigo e coordenadora do Sherpa do Mar, analisou a relevância da cooperação transfronteiriça na identificação de necessidades de empreendedorismo marinho-marítimo e sinergias no ecossistema de apoio ao empreendedorismo.

Business2Sea

Business2Sea é um evento internacional focado no desenvolvimento de projetos e negócios em diferentes setores da economia do mar. Promovido pela associação portuguesa Fórum Océano e pelo Centro Tecnolóxico do Mar (Cetmar), este evento ia ser realizado pela primeira vez em Vigo (Galiza), mas a situação sanitária decorrente do COVID-19 obrigou a optar pelo formato virtual. O simpósio, com cerca de 600 participantes, começou ontem segunda-feira, coincidindo com o Dia Nacional do Mar em Portugal, e decorre até sexta-feira.

Sherpa do Mar

A jornada de abertura desta segunda-feira incluiu um workshop que, sob o título Towards a pact for skills in the maritime industry, se concentrou na economia azul e nas necessidades de setores como a construção naval, o transporte marítimo e as energias renováveis. Entre as iniciativas apresentadas esteve o projeto Sherpa do Mar, promovido pelo grupo REDE, o Campus do Mar e o Gabinete de I+D+i da Universidade de Vigo, liderando um consórcio no qual participam as universidades do Porto, Coruña e Santiago, juntamente com CIIMAR, Uptec, Consorcio Zona Franca de Vigo, Fórum Oceano e a Axencia Galega de Innovación (Gain).

O objectivo geral do Sherpa do Mar é a constituição de uma nova rede transfronteiriça entre a Galiza e o Norte de Portugal, para estimular a criação e consolidação de novas actividades empresariais intensivas em conhecimento no âmbito marinho-marítimo. A apresentação, conduzida pela coordenadora do projeto, Andrea Ogando, membro do grupo de investigação Rede da Universidade de Vigo, analisou a relevância da cooperação transfronteiriça na identificação de necessidades de empreendedorismo marinho-marítimo e sinergias no ecossistema para apoiar o empreendedorismo.

Vídeo de apresentação: https://www.youtube.com/watch?v=q2TWID-6Bz0 (minuto 40)

Além disso, o pesquisador do Campus do Mar Kais Jacob Mohamed Falcon também participou de uma sessão paralela sobre prioridades para uma estratégia de treinamento bem-sucedida em ecossistemas industriais marinhos, como energia renovável offshore, construção naval e navegação.